Mortal Kombat XL: Grandes novidades para uns, péssimas para outros

Mortal Kombat X terá uma uma expansão com novos personagens e vários pacotes de roupas, sem falar na volta do clássico cenário The Pit, chamada Mortal Kombat XL e que pode ser considerada uma versão completa de tudo o que já foi lançado e anunciado até o momento. Quem possui o jogo poderá comprar apenas o que lhe falta e, quem não possui, poderá comprar  Mortal Kombat XL, que em resumo é  um grande pacote com MK X + DLC’s de roupas e personagens dos Kombat Packs 1 e 2.

MKXL

Pacotes disponíveis e seus preços em dólares.

Tudo isso vai ser muito interessante, mas somente para os felizes donos de um PlayStation 4 ou um Xbox One, pois os donos da versão PC foram aparentemente deixados de lado desta vez. Depois de todos os problemas enfrentados desde o lançamento do jogo para PC’s, que se propagaram por meses, a NetherRealm Studios, que é de propriedade da Warner Bros. Entertainment Inc., anunciou que Mortal Kombat XL está chegando somente para os consoles, em março.

NRS-MKX-noPC

Um jogo que vendeu, mesmo com todos os seus problemas, cerca de 500 mil unidades na Steam segundo o Steamspy, pode estar sendo simplesmente “descontinuado” menos de 1 ano após seu lançamento, deixando uma quantidade gigantesca de fãs e consumidores extremamente desapontados, irritados e indignados. Não se sabe ainda se isso é apenas um atraso proposital devido ao lançamento de Mortal Kombat XL ser muito próximo do lançamento de Street Fighter V e Killer Instinct para PC’s, mas a falta de esclarecimentos da NetherRealm Studios a respeito do assunto causa, no mínimo, incertezas e um certo sentimento de abandono e falta de consideração.

Já foi aberta, no Change.org, uma campanha para pedir que o conteúdo de Mortal Kombat XL seja lançado para PCs, como pode ser visto aqui. A campanha conta, no momento em que escrevo esta matéria, com mais de 4 mil assinaturas.

Nenhum esclarecimento mais detalhado foi dado aos consumidores desde que a notícia foi confirmada, como pode ser facilmente visto lendo os comentários de qualquer tweet recente de Ed Boon, o maior nome da atualidade por trás da série e atual diretor de Mortal Kombat X, que disse antes do lançamento do jogo que a versão PC seria incrível, confirmando com vários “sim” a afirmação do entrevistador de que seria tão boa quanto a dos consoles, como pode ser ouvido (em inglês) na entrevista que ele concedeu ao Angry Joe (basta clicar, já está na parte correta, aos 21:12).

Depois de ouvir o que foi dito no vídeo acima, sabendo que o lançamento da versão PC foi terrível e por si só já tornaria inválidos o “tão bom quanto” e o “incrível”, de ver os consumidores serem ignorados na conta do Twitter de Ed Boon e nas dezenas de páginas no Test Your Might (fórum oficial do Mortal Kombat), é meio fácil ser levado a acreditar que pode ser muito difícil mudarem de ideia no curto prazo, e então eu me pergunto: será que o consumidor deve confiar em algum lançamento futuro da Warner ou da NRS para PC’s num futuro próximo? Durante as finais da segunda temporada da ESL Pro League, o chat da streaming no Twitch estava cheio de pedidos e reclamações em relação à possível “descontinuidade” da versão para PC de Mortal Kombat X. O mesmo entrevistador do vídeo acima, Angry Joe, fez outro vídeo (em inglês), mostrando sua revolta (ele joga na versão PC).

Espero que tudo seja esclarecido e solucionado em breve, e que o fãs e consumidores da versão PC de Mortal Kombat X não sejam prejudicados. Caso isso não aconteça, talvez as empresas responsáveis pelo jogo mereçam um boicote em forma de recado pela falta de consideração e respeito aos seus consumidores e fãs. É necessário que os conceitos e práticas das empresas envolvidas sejam revistos para melhorar a qualidade de seus produtos e suporte pós venda aos consumidores de seus jogos no PC, pois do contrário só estarão ajudando a enfraquecer sua própria franquia enquanto fortalecem ainda mais os concorrentes, que não são poucos e tão pouco de baixa qualidade.

Fontes: Angry Joe, Ed BoonTest Your Might, Steamspy, Change.org

Talvez você goste de ler...