Altos e baixos de Street Fighter V: Recorde de inscritos na EVO 2016 e baixas vendas

SFV_logo2

Street Fighter V foi lançado dia 16 de fevereiro deste ano para PlayStation 4 e PC (Windows e Linux através do Steam OS) e, após pouco mais de uma semana da abertura das inscrições da EVO 2016, o maior torneio de jogos de luta do mundo, o jogo já ultrapassou a barreira dos 3000 jogadores inscritos, quebrando seu próprio recorde estabelecido dias atrás. Um dos principais organizadores do torneio, Mr. Wizard, avisou da novidade nos comentários de um de seus tweets.

Este feito é certamente algo a se comemorar não só pelos fãs de Street Fighter V, mas certamente pelos fãs de jogos de luta como um todo, que estão vendo o gênero crescer cada vez mais e ganhar cada vez mais espaço, o que certamente trará bons frutos.

SFV_SM_Chunli

Paralelamente aos bons resultados em termos de inscritos na EVO 2016, o jogo parece não estar vendendo tanto quanto a Capcom gostaria. Tendo vendido no Japão cerca de 46,836 unidades em sua primeira semana, para PS4, Street Fighter V fico bem atrás, por exemplo, das 84,937 unidades vendidas por Street Fighter IV para PS3, também no Japão, em sua primeira semana de lançamento. Enquanto isso, segundo o site Steam Spy, o jogo vendeu no máximo 113080 cópias digitais na Steam até o dia 25/02/2016.

SFV_Vendas_Steam_25022016

Provavelmente o jogo está nesta situação de vendas baixas devido aos problemas desde a data de seu lançamento. Entre estes, se esquecermos dos problemas técnicos nos servidores e de alguns outros, o jogo é considerado muito bom por uma boa parcela dos jogadores competitivos. Porém, quando pensamos no lado do jogador casual, o jogo peca pela baixa quantidade de conteúdo e atrativos em seu lançamento, sendo talvez a falta mais grave a ausência de um modo arcade.

Fontes: Shoryuken (1, 2), Steam Spy

Talvez você goste de ler...